Etiqueta: amarrações infalíveis

Amarrações do demónio Asmodeus

Amarrações do demónio Asmodeus Vários notórios demonologistas e célebres teólogos consubstanciam esta realidade. Nicolas Remy( 1530 – 1612), foi um demonologista Francês que presenciou pessoalmente vários casos verídicos de bruxas, bruxaria e trabalhos de magia negra.  Com as conclusões que retirou das suas experiências e observações, Nicolas Remy escreveu a obra «Demonolatreiae», publicado em 1595….


Amarrações feitas em cemitério

Amarrações feitas em cemitério O erudito bizantino Michael Psellus, ( n. 1017), foi um autor que fez varias menções aos grimórios de magia negra do rei Salomão , e dos seus saberes que permitiam invocar e controlar demónios. Na sua obra De Deamonibus, faz-se menção ao uso de cemitérios e corpos de defuntos para a celebração…


Amarrações do galo preto

Amarrações do galo preto Desde há séculos, que as amarrações do galo preto são míticas. Em 1324, o Bispo de Ossory testemunhou como a bruxa Alice Kyteker de Kilkenny, na Irlanda, usava de hóstias consagradas num altar de magia negra, onde se celebravam profanas missas negras ou missas satanistas. A hóstia satânica estava profanada, pois…


Amarrações da mão morta

Amarrações da mão morta Quanto ás amarrações, conforme faz notar a encyclopedia de Oxford sobre «Witchcraft in the early Modern Europe and Colonial America», a magia erótica ou amorosa sempre foi particularmente forte, e particularmente violenta, pois que funciona essencialmente por meios coercivos. Nela, a vítima é castigada até ceder ao mandante da magia negra….


Amarrações, o que são amarrações

Amarrações, o que são amarrações Nos textos dos séculos XVI e XVII, mencionam-se as ligature – actualmente conhecidas por amarrações – como formas de maleficia ou magia negra já com séculos e séculos de existência. As amarrações são trabalhos de magia negra tão poderosos, que são mencionados pela Igreja no Concelho ecuménico de Laudicéia ( 364…


Amarrações das missas das bruxas

Amarrações das missas das bruxas Durante o reinado de Luís XIV( 1638 – 1715), existiu em França um célebre abade, o abade Cotton. O Abade Cotton era na verdade um padre satânico que havia profanado os santos votos do seu sacramento sacerdotal, e feito Pacto com o Diabo, tornando-se assim um bruxo e um adorador…


Partilhe, vote, recomende
Partilhe, vote, recomende
error: todos os direitos reservados ©