Efeitos e resultados das amarrações espíritas

Efeitos e resultados das amarrações espíritas e de necromancia

efeitos das amarrações, resultados das amarrações, amarrações, amarrações amorosas, amarrações de magia negra, bruxarias de amarração, feitiços de amarração, amarrações poderosas, amarrações infalíveis, amarrações para o marido, amarrações para a mulher, amarrações para a esposa, amarrações para o esposo, amarrações para a amante, amarrações para ex, amarrações para o ex, amarrações para o amor voltar, amarrações para a mulher voltar, amarrações para o homem voltar, amarrações para amante, amarrações para casar, amarrações para homem casado, amarrações para mulher casada,

Que efeitos e resultados causam as amarrações de necromancia ?

O que é espirito e o que é alma ?

Qual a diferença entre o espírito e a alma? Todo o corpo tem uma alma, e todo o corpo é o recetáculo para uma alma. Na verdade, é a alma que dá vida ao corpo. No momento da morte, a alma abandona o corpo e migra para o mundo dos mortos, atravessando o véu que separa o mundo dos vivos do mundo dos mortos. Quando isso acontece e a alma abandona o seu receptáculo de carne e osso, então ela volta ao seu estado original, e torna-se espirito. Ou seja: A alma é o espírito enquanto está encarnado e a habitar num corpo, enquanto que a alma uma vez livre do corpo carnal torna-se apenas espirito, espirito no seu estado puro.

O que é o «cofre» de uma pessoa ?

No espiritismo o cofre de uma pessoa é a sua alma. Uma pessoa com sofre fechado é uma pessoa normal com uma alma normal e perfeitamente adaptada ao nosso mundo físico. È assim que uma alma deve ficar quando entrar num corpo para lhe dar vida ainda no útero materno, e essas constituem a maioria das pessoas que habitam neste mundo. Porem:  por vezes e por algum motivo há pessoas que nascem com o cofre aberto, ou seja: uma pessoa com o cofre aberto é uma pessoa com a alma aberta aos fenómenos sobrenaturais, e ao contacto com  o mundo dos mortos,. A pessoa que nasce com o cofre aberto tem a alma aberta ás energias do mundo espiritual, e por isso tem a predisposição para entrar em contacto com espíritos, para receber a visita de entidades, para ter pressentimentos de mediunidade, para ter augúrios, para ter visões, para receber mensagens do mundo dos mortos, ou

seja: é uma pessoa com capacidades de vidência.

O que são as amarrações ?

As amarrações espíritas ou necromantes são invocações de espíritos feitas atraves de magia negra, são invocações de espíritos que habitam no mundo do «Além-túmulo» ou do «Alem-da-vida», ou seja: são espíritos que habitam para alem deste mundo dos vivos, habitando nas profundas névoas da realidade dos mortos, e que são chamados a vir a este mundo dos vivos para neste mundo edificarem na demanda que lhes é encomendada.

Uma invocação de espíritos pode ser feita para diversos fins: para abrir ou trancar caminhos financeiros, para expurgar o mal de alguém ou injetar o mal em alguém, para curar ou causar enfermidades de origem sobrenatural, para exorcizar ou invocar entidades e forças malignas, para atrair boa-sorte ou infestar com maldiçoes, para afastar pessoas indesejáveis ou atrair pessoas desejáveis, para castigar uma pessoa ruim ou beneficiar uma pessoa boa, para conceder fertilidade ou causar esterilidade, para salvar ou condenar um casamento, para assombrar ou desassombrar um lar, uma família ou uma pessoa, ou – no caso que estamos a descrever – para fins amorosos.

Quando a invocação de espíritos é feita para fins amorosos, então ela chama-se de amarração ou amarrações.

Como funcionam as amarrações espíritas?

Nas amarrações de necromancia força-se artificialmente a abertura temporária do cofre da pessoa amarrada. Isso não fará dessa pessoa uma pessoa mediúnica nem vidente, pois o seu cofre não nasceu aberto desde o hora da nascença, mas sim foi artificialmente forçado com uma finalidade, e depois voltará ao normal. Assim sendo:  significa isto que – através de métodos de espiritismo – se abre temporariamente e artificialmente o corpo astral ou a alma dessa pessoa, tornando-a permeável é entrada de forças, energias, espíritos e entidades que ali se vão alojar, e ali vão permanecer para em espírito trabalharem no espírito dessa pessoa. Uma vez iniciadas as amarrações espíritas, então não há quem possa impedir a entrada dessas entidades e espíritos, assim como não há como impedir que essas energias e vibrações permaneçam na alma dessa pessoa que foi amarrada, ali em espírito trabalhando no seu espírito até ela amolecer, ceder, fraquejar e se entregar a quem as amarrações decretaram que ela se deverá entregar. Por isso as amarrações espíritas acabam por ter efeitos no corpo físico e astral da pessoa amarrada por essas amarrações, ou seja: as amarrações influenciam tanto o corpo de carne e osso, como o corpo astral da pessoa amarrada pelas amarrações espíritas. Por isso: não há escapatória possível das amarrações espíritas.

Quais os efeitos e resultados das amarrações espiritas?

As amarrações espíritas ou de necromancia entram profundamente no espírito da pessoa amarrada, ali enraizando-se e alastrando-se pela alma dessa pessoa ate em espírito influenciarem essa pessoa, e levarem-na a ceder ao mandante das amarrações.

Porem:

Mais que isso – e mais importante – os espíritos acabem sempre por criar oportunidades e abrir portas aos caminhos de um desejo ou de um amor.

Por isso:

a mais importante das funções, do efeito e do resultado das amarrações espíritas e necromantes é esse mesmo, ou seja:

é gerar oportunidades, é abrir portas.

E isso acaba sempre por acontecer da forma mais inesperada, pelos caminhos mais misteriosos, e pelos meios mais insondáveis, pois que os espíritos são assim mesmo: os espíritos são mistério do mundo dos mortos agindo no mundo dos vivos, e por isso movem-se sempre por caminhos misteriosos e insondáveis.

Por isso:

Se aos espíritos cabe abrir portas e dar oportunidades a quem dos espíritos recorreu, já a quem dos espíritos recorreu cabe depois entrar pelas portas que eles abrem pelo seu próprio pé, e fazer bom uso dessas oportunidades  que eles concederam.

Por exemplo:

Uma pessoa quer desesperadamente um certo emprego ou uma certa promoção profissional, ( ou até mesmo enriquecer), e para isso recorre dos espíritos. Pois bem: os espíritos vão abrir caminhos e conceder oportunidades para essa pessoa ter esse desejo nas suas mãos.

Porem: se depois disso a pessoa não se levantar todos os dias para ir trabalhar, se a pessoa não se esforçar empenhadamente para agradar ao seu empregador ou clientes, se a pessoa não trabalhar arduamente para apresentar bons resultados, e se antes a pessoa ficar em casa deitada na cama a dormir o dia todo, então é obvio que ela vai acabar é desempregada e na penúria!

Por isso: os espíritos fazem o trabalho deles que é abrir caminhos e conceder oportunidades, para que depois a pessoa aproveite o melhor dessas oportunidades, pois que isso já não podem ser os espíritos dos mortos a ir fazer pela própria pessoa. Como se costuma dizer: « espirito dá-lhe a bicicleta para você chegar onde quer chegar, mas depois quem tem de pedalar a bicicleta e guiar bem até ao destino é você mesmo, porque isso já não vai ser o espirito a fazer por si»

Outro exemplo:

Alguém quer desesperadamente um amor, ou uma pessoa amada. Pois bem: os espíritos vão abrir caminhos e conceder oportunidades para essa pessoa desejada ficar ao seu alcance e nas suas mãos.

Porem: se depois disso quem pediu ajuda aos espíritos começar a maltratar a pessoa desejada, e a escorraçar a pessoa desejada, e não fazer por ser carinhosa, sedutora, amiga e amorosa para com a pessoa amada, então quem pediu ajuda aos espíritos acabará sozinho, porque o amor é como uma semente que deve ser bem cuidada e bem tratada, e quem maltrata uma oportunidade de amor concedida pelo espirito, logicamente perderá esse amor. Pois então: quem recebe uma oportunidade e a deita pela janela fora é como um homem a morrer de sede no deserto, mas que depois deita fora a única água que lhe deram para ele beber.

Tudo isso pode ser traduzido na seguinte fabula:

Um homem estava no mar a afogar-se, e sentiu que já não tinha mais forças para nadar, e que ia morrer. Pois Deus – que é espirito –  vendo o homem a afogar-se no mar, sentiu compaixão pelo homem, e decidiu ajuda-lo. Ao faze-lo, uma jangada passou perto do homem. Porem o homem disse: «Não, não vou mexer-me, porque Deus é grande, e Deus salvar-me-á»

Depois disso, um barco passou perto do homem que se estava a afogar. Novamente o homem disse: «Não, não vou fazer nada, porque Deus é grande, e Deus salvar-me-á»

Depois disso, veio um colete salva-vidas que flutuou perto do homem. Mais uma vez o homem disse: : «Não, não vou fazer nada, porque Deus é grande, e Deus salvar-me-á»

Em resumo: o homem obviamente acabou por se afogar e morrer ! Chegado ao céu, o homem estava furioso, e foi falar com Deus, e queixou-se-Lhe, dizendo: « sempre tive fé em Deus, sempre dei dinheiro á Igreja, sempre cumpri com os Mandamentos da Escritura, e depois Vós deixais-me morrer ali no meio do mar?? Como é que é possível ??»

E Deus respondeu:

«Meu bom homem: enviei-te uma jangada, enviei-te um barco, enviei-te um colete salva-vidas! Se depois disso não te mexeste para lançar mão de nada daquilo que te enviei para te salvar, então o que é que querias?»

Pois bem:

Esta fabula bem que explica o que é a ajuda do espírito, ou seja:

Não é porque se pede e paga por uma ajuda do espírito, que depois se deve ficar de braços cruzados ou desprezando as oportunidades que o espírito concede, porque quem faz isso obviamente nada colhe da obra do espírito.

Se você quer fortuna ou amor, então o espírito abre portas e dá oportunidades.

Porem: se você ficar em casa de braços cruzados a dormir e pensando «Não, vou fazer nada, porque já pedi e paguei pela ajuda ao espirito, e por isso o espirito vai-me dar tudo o que eu pedi», então esqueça o assunto, porque não vai desatar a chover dinheiro do céu, nem o amor da sua vida lhe virá bater á porta consigo fechado em casa a dormir!

Por isso:

aquele que pede ajuda aos espíritos mas depois fica de braços cruzados sem fazer nada, sem aproveitar as oportunidades que o espirito dá, e fechando as portas que o espirito abre, esse está a deitar pela janela fora tudo aquilo que o espirito lhe concedeu, e assim – obviamente – não há fruto nenhum que vá florescer da obra do espirito, pois nada de bom se tem se quando uma arvore dá o seu bom fruto, e porem o agricultor for deitar o fruto fora e deixa-lo apodrecer.

Por isso:

Recorra dos espíritos, que dos espíritos colherá as oportunidades que ate hoje não teve, e onde hoje você vê apenas portas fechadas e trancadas, então depois verá portas abertas e caminhos destrancados aos seus desejos.

O sacerdote Daniel é sacerdote ordenado pela Congregação Devocional de são Cipriano, e exerce a sua actividade no Altar de são Cipriano e Bruxa Èvora. Quer saber mais sobre amarrações, magia negra, trabalhos de magia, vidência, bruxaria ? Então veja e leia tudo, em:

tudo sobre MAGIA NEGRA

Trabalhos de amarração

Trabalhos de magia negra

Trabalhos de são Cipriano

tudo sobre VIDÊNCIA

Videntes em Portugal

tudo sobre AMARRAÇÕES

amarrações amorosas

bruxarias para o amor

Bruxos em Portugal

Saber mais?

Veja tudo sobre amarrações, em : amarrações amorosas

Visite-nos em:   Trabalhos de Magia negra

Escreva hoje mesmo, para: altar.cipriano@gmail 

Amarrações ?

Escreva-nos !

efeitos das amarrações, resultados das amarrações, amarrações, amarrações amorosas, amarrações de magia negra, bruxarias de amarração, feitiços de amarração, amarrações poderosas, amarrações infalíveis, amarrações para o marido, amarrações para a mulher, amarrações para a esposa, amarrações para o esposo, amarrações para a amante, amarrações para ex, amarrações para o ex, amarrações para o amor voltar, amarrações para a mulher voltar, amarrações para o homem voltar, amarrações para amante, amarrações para casar, amarrações para homem casado, amarrações para mulher casada,